Inflação na alimentação é a mais sentida

A experimentar

A maior fatia de inquiridos indica que é na alimentação que os preços mais sobem. A maioria considera que há margem para subir salários de forma a compensar o custo de vida, conclui o barómetro de maio da Intercampus.

A esmagadora maioria das famílias declara que já sente a inflação e a maior fatia indica que é na alimentação que os preços mais sobem, conclui o barómetro de maio da Intercampus para o Negócios, CMTV e Correio da Manhã.

Continue a ler o artigo em Jornal de Negócios.

Últimas