Olalla e Pablo Ruibal: os irmãos que vivem entre o Minho e a Galiza, a fazer vinho

A experimentar

Os irmãos Olalla e Pablo Ruibal dividem o ano pelos dois lados da fronteira. Galegos de Tui, sempre viram o Minho e Galiza como um território de continuidade.

Galiza/Espanha

Olalla e Pablo Ruibal
“Assim é a vida” nos dois lados da fronteira

Desde que começaram a produzir vinho na sua Quinta Edmun do Val, em São Julião (Valença do Minho), que aqui passam a maior parte do verão, trabalhando, recebendo turistas, mostrando com entusiasmo os seus produtos.

“O nosso pai comprou esta quinta em 1999. Plantou as videiras e reconstruiu a casa que estava praticamente em ruínas”, conta Pablo. Rafael Edmundo Ruibal, o pai, passou algum tempo da sua infância nesta quinta, devido a uma tragédia familiar. “A mãe dele, nossa avó Madalena, portuguesa de Paredes de Coura, morreu muito nova, com 30 e tal anos. Estava a nadar no rio Âncora e teve um problema cardíaco”, recorda Pablo.

Continue a ler o artigo em Evasões.

Últimas