“O ceviche e o pisco, através do pisco sour, são cartões de visita peruanos no estrangeiro”

A experimentar

O embaixador do Peru em Portugal, Carlos Gil de Montes, um sommelier peruano de visita, Carlos Oblita, e um outro que tem há anos um bar em Lisboa onde o pisco é o rei, Marco Leyva, falam do apreciado destilado vínico mas também do sucesso global da gastronomia do país sul-americano, a qual resulta da fusão de sucessivas migrações.

Senhor embaixador, acaba de chegar a Portugal. Há velhas palavras que sempre foram associadas ao Peru, como incas, o império, ou Machu Picchu, as famosas ruínas. Mas agora pisco e ceviche são palavras ainda mais marcadamente peruanas que se globalizaram, não acha?

Continue a ler o artigo em Diário de Notícias.

Últimas