Ucrânia: Preço do milho subiu 20% até março e consumo deverá aumentar 3,4%

A experimentar

O preço do milho aumentou 20% no primeiro trimestre, atingindo 335 dólares (cerca de 318 euros) por tonelada, enquanto a produção mundial, nesta campanha, deverá aumentar 7,5% e o consumo 3,4%, segundo um relatório hoje divulgado.

“No que respeita ao milho, é avançado que os preços deste cereal subiram 20% no primeiro trimestre de 2022, chegando ao valor de 335 dólares/tonelada em março. A guerra na Ucrânia levanta muitas incertezas no mercado global de grãos. O país agora em guerra representa 3,5% da produção mundial de milho”, indicou, em comunicado, a Associação Nacional dos Produtores de Milho e Sorgo (Anpromis), citando dados do relatório “O impacto da guerra da Ucrânia no mercado das ‘commodities’”, do World Bank Report.

A produção mundial de milho deverá aumentar, nesta campanha, 7,5% e o consumo 3,4%.

Entre janeiro e março, o índice de preços de grãos do Banco Mundial subiu 14%, sendo quase 20% superior ao registado no mesmo período do ano anterior.

Continue a ler o artigo em Visão.

Últimas