Produtores ibéricos unem-se nas arribas do Douro

A experimentar

Foi formalmente constituída em 19 de fevereiro e será publicamente lançada no dia 15 de junho. Chama-se Arribaes e reúne neste arranque quatro produtores de vinho que vão procurar em conjunto a promoção da zona transfronteiriça Arribas do Douro / Arribes del Duero.

Arribas Wine Company e Picotes Wines, do lado português; Bodega Frontio e El Hato y El Garabato, do lado espanhol, são os precursores do projeto que promete receber de braços abertos outros aderentes. Estima-se que haja na atualidade perto de uma dezena de produtores deste lado da fronteira, estando contabilizados 18 ativos na Denominação de Origem (D.O.) Arribes.

Aliás, essa é uma das pretensões portuguesas.

Ao que a Revista de Vinhos apurou, alguns produtores das Arribas do Douro estão a tentar um caminho de sensibilização junto da Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes (CVRTM) para ser criada uma D.O. Arribas do Douro, tal como acontece do outro lado da fronteira (a Junta de Castilla y Léon aprovou a criação e regulamento da denominação Arribes del Duero no verão e 2007) ou mesmo em regiões de vinhos como Lisboa (que possui nove D.O.).

Continue a ler o artigo em Revista de Vinhos.

Últimas