Vinhos de luxo são líderes no mercado de investimentos

A experimentar

O mercado para bens alternativos explodiu na última década em particular. De cartões de colecionador a antiguidades, de ténis a carros clássicos. Contudo, houve uma classe específica de bens que tem sido o líder de performance, os vinhos de luxo, nos quais a britânica OENO se tem especializado com sucesso.

De acordo com o índice de investimento de luxo de Knight Frank 2021, o vinho com grau de investimento subiu 13% no preço do primeiro semestre do ano, tornando-se o líder de todos os investimentos de luxo, nos quais se incluem o whisky escocês e as carteiras Hermès. Londres é o centro global da indústria de investimento em vinhos finos, com fortes ligações aos mercados comerciais mais importantes da América do Norte e da Ásia, e com acesso crítico a produtores europeus, onde a maioria dos vinhos finos é produzida.

Vinhos mais desejados


Historicamente, os vinhos de Bordéus foram a base do mercado de fine wine, mas à medida que a excelência da produção se espalhou, as ambições e o sucesso dos principais produtores de outros lugares também começaram a impor-se. Borgonha teve um desempenho fantástico na última década, com os principais domínios a crescerem múltiplos em valor. Para surpresa de muitas pessoas, também o champanhe cresceu significativamente em valor durante a pandemia, até 37% somente em 2021.

Continue a ler o artigo em Jornal de Negócios.

Últimas