Oportunidades e “pechinchas” nos vinhos de Bordéus

A experimentar

De acordo com artigo da  www.thedrinksbusiness.com, o Liv-ex, assinala que se a diferença de preço entre Premier Cru Classé de Bordéus e os respetivos Second Vin continuar a alargar haverá muitas oportunidades e pechinchas. O Liv-ex é o marketplace global para o comércio do vinho e maior base de dados aberta para vinhos e bebidas espirituosas.

Em julho de 2019 o Liv-ex assinalava que se podia comprar 2,8 garrafas de um Second Vin pelo mesmo preço de um Premier Cru. Em 2007 a proporção era a de 6:1.

No final de 2019, quando os preços estavam no seu auge, houve a tempestade combinada de agitação política em Hong Kong e o início da pandemia de Covid-19 na Ásia – um mercado chave para estes vinhos. Embora o índice tenha começado a recuperar em meados de 2020, o seu nível manteve-se abaixo do seu antigo pico. Foi apenas em Abril de 2021 que o índice recuperou totalmente desta pancada.

As, consideradas, melhores colheitas, significam maiores diferenças de preços, aumentando o fosso entre os Grand Vin e os seus segundos vinhos.

FG-v-SW-biggest-differences-1024x234.jpg

Por exemplo, o Château Margaux 2015 é atualmente sete vezes o preço do Pavillon Rouge 2015. Embora impressionante, há factores importantes a considerar aqui. O Château Margaux 2015 não foi apenas lançado numa garrafa comemorativa, mas foi também a última vindima do falecido Paul Pontallier, tendo ambos impulsionado o seu desempenho no mercado secundário.

Continue a ler o artigo em Vinho Sem Nódoa.

Últimas