O vinho tinto digno de um rei que deve ter na sua garrafeira (custa menos de 7€)

A experimentar

Juntas as castas Alicante Bouschet e Castelão. Tem uma “cor granada intensa com nuance carmim”, descreve o Aníbal José Coutinho.

Aqui está mais um vinho que deve ter sempre na garrafeira de casa para levar para convívios com amigos ou para abrir num final de tarde antes de começar a preparar o jantar. O Magnânimo D. João V Reserva Vinho Tinto 2019 é da região de Lisboa, custa menos de 7€ e junta as castas Alicante Bouschet e Castelão. Conseguiu 93 pontos — em 100 possíveis — numa lista do crítico Aníbal José Coutinho.

“Cor granada intensa com nuance carmim. Especiarias doces de baunilha com bagos e frutos vermelhos. Faz lembrar um cheesecake”, explica o crítico. Esta referência da Adega Cooperativa da Azueira apresenta 13,5% de teor alcoólico. Lisete Lucas foi a enóloga responsável pela criação. Está à venda, por exemplo, na loja online da Smart Farmer por 6,60€.

Está à venda por 6,60€.

O crítico já nos habituou a sugestões de grandes referências, para todos os gostos e preços. Todos os anos lança o “Guia Popular de Vinhos”, que já se tornou de consulta obrigatória. Também edita livros online com as melhores sugestões anuais.

Continue a ler o artigo em NIT.

Últimas