Restaurante Da Noi, Lisboa: Descomplicado e com boa onda

A experimentar

Neste restaurante, não existe uma ordem para começar ou terminar a refeição. Primeiro na rua e depois à mesa – ou vice-versa –, há sempre um copo e um petisco à espera.

Ao final de tarde, a música animada e o postigo com bar aberto para a rua do Da Noi, no bairro lisboeta da Madragoa, despertam a atenção e fazem abrandar o passo para se beber um copo e petiscar. “Para nós, fazia sentido estar numa rua mais sossegada, queremos fazer as coisas à nossa maneira e não nos sentirmos influenciados pelas pessoas que passam pela zona”, dizem Michael Londjine e Tomás Blades, formados em gestão hoteleira e proprietários deste restaurante na Rua do Machadinho.

Ali, a refeição começa e termina (segundo nos contam mais tarde), inevitavelmente do lado de fora da porta, a beber um dos cocktails ou uma flute de champanhe, em ambiente descontraído, como se estivéssemos em casa de amigos (…)

Continue a ler o artigo em Visão.

Últimas