Tem 22 anos, é de Ponte de Lima, e já é chef num dos melhores restaurantes do mundo

A experimentar

João Pedro Coelho, de 22 anos, venceu recentemente um dos mais importantes concursos gastronómicos na Suíça, isto depois de, aos 17, ter sido considerado o mais promissor jovem chef português.

Natural de Fornelos, em Ponte de Lima, lançou-se à aventura para trabalhar no Le Restaurant de l’Hôtel de Ville de Crissier, na Suíça, a poucos quilómetros de Lausana e da fronteira francesa – um restaurante com três estrelas Michelin considerado pelo guia como o segundo melhor do mundo, depois de ter liderado esse estatuto em 2016.

A O MINHO, João Pedro revela que a vitória recente no concurso Grand Prix Joseph Favre, onde, em conjunto com um camarada da cozinha, apresentou três pratos (peixe do lago Leman, borrego com abóbora e pêra com aguardente), é muito importante para o ainda curto (mas já muito premiado) currículo.

Equipa de João Pedro, composta por dois elementos, foi a vencedora do Joseph Favre de 2022. Foto: DR

Há cerca de dois anos na Suíça, depois de ter passado por um estágio num restaurante com estrela Michelin na Hungria (Budapeste), João Pedro conta que iniciou-se na lida na Escola Profissional de Ponte de Lima.

Logo no primeiro ano de curso, participou num concurso de cozinha, com três outros colegas, e terminou em segundo lugar a nível nacional. Em 2018 venceu o prémio de jovens talentos da gastronomia em Portugal, antes de rumar à Hungria para, no seu terceiro ano de curso, realizar o estágio profissional.

Continue a ler o artigo em O Minho.

Últimas