Vinhos portugueses apreensivos com resposta russa às sanções europeias

A experimentar

De acordo com Frederico Falcão, líder da ViniPortugal, a entrada de vinho português na Rússia totalizou no ano passado 35 milhões de euros (incluindo-se neste montante exportações nacionais para o país e vendas para mercados periféricos mas que têm como destino a Rússia).

Os vinhos portugueses têm ganho quota, nos últimos anos, nos mercados russo e ucraniano, para onde as vendas têm crescido em volume e em valor. O ataque das forças russas desta quinta-feira a várias cidades da Ucrânia foi recebido com “apreensão” e “preocupação” pelo presidente da ViniPortugal, que receia a resposta russa às sanções que venham a ser aplicadas pela União Europeia, mas (…).

Continue a ler o artigo em Jornal de Negócios.

Últimas