Três vinhos do Alentejo, Dão e Trás-os-Montes: Vá pelo seu gosto!

A experimentar

Um grande vinho tinto alentejano, outro tinto do Dão, jovem e informal, e um branco transmontano confiável. A opinião do crítico gastronómico da VISÃO Se7e, Manuel Gonçalves da Silva.

Rememoramos vinhos provados no ano passado que chamaram a atenção pelas suas qualidades – e foram tantos! – e que, apesar disso, ainda não foram aqui referidos, como, por exemplo, o Arché Tinto 2019, o Titular Dão Novo Tinto 2021 e o Valle Pradinhos Reserva Branco 2020. São estes os eleitos da semana. Trata-se de vinhos muito diferentes entre si. O Arché 2019 com a nobreza dos grandes tintos do Alentejo e o estatuto de principal referência da Herdade do Sobroso; o Titular Dão Novo 2021, que é elaborado com a técnica do famoso Beaujolais para ficar pronto para se beber antes dos outros, apresenta-se jovem e irreverente; o Valle Pradinhos Branco 2020 tem a aura de credibilidade que há muito acompanha os vinhos do famoso produtor de Macedo de Cavaleiros.

Continue a ler o artigo em Visão.

Últimas