Açores: “Criação do Instituto da Vinha e do Vinho dos Açores resulta do trabalho dos produtores e do investimento dos anteriores Governos”, afirma Mário Tomé

A experimentar

“A implementação do Instituto da Vinha e do Vinho dos Açores na ilha do Pico, anunciada em junho de 2020 pelo anterior Governo vai ser possível graças ao empenho dos produtores e dos investimentos feitos nos últimos anos”, destacou Mário Tomé, deputado do PS/Açores, na sequência das audições que decorrem na Comissão de Economia.

Mário Tomé sublinhou “o longo caminho que foi necessário percorrer para se chegar à criação desta entidade”, fazendo questão de enaltecer, “em primeiro lugar, as pessoas, como os picarotos – homens empreendedores que, de facto, com a sua resiliência, mantiveram viva a cultura da vinha e do vinho -, mas também os graciosenses, os terceirenses e todos aqueles que se empenharam nesta atividade”.

O artigo foi publicado em Agroportal.

Últimas