Novo restaurante Açafrão convida a viajar pela rota das especiarias

A experimentar

O novo restaurante é um projeto que presta homenagem ao explorador Pêro da Covilhã, ao famoso Pastel de molho e a toda a gastronomia do sopé da serra da Estrela, mas que remete sobretudo para a inspiradora rota de especiarias da época dos Descobrimentos,

Não existe certeza quanto ao dia, mas deverá ter sido no mês de dezembro de 1488 que Pêro da Covilhã chegou a Calecute, na Índia, e percebeu o percurso das especiarias. Para assinalar a data, foi na quarta-feira, dia 15 de dezembro que, na terra natal do descobridor, nasceu o restaurante Açafrão.

O novo restaurante é um projeto que presta homenagem ao explorador Pêro da Covilhã, ao famoso Pastel de molho e toda a gastronomia do sopé da serra da Estrela, mas que remete, sobretudo, para a inspiradora rota de especiarias dos Descobrimentos, afigurando-se como um restaurante pensado do local para o global.

Foi criado sob as premissas do respeito pela cozinha portuguesa, pelos produtos autóctones, pelas figuras da Covilhã e seguindo a temática das especiarias. Apesar de localizado em edifício contíguo, o Açafrão está integrado no Pena d’Água – Boutique Hotel & Villas, hotel de charme e de montanha, com pouco mais de um ano de existência e que mereceu a distinção Resiliência do guia Boa Cama Boa Mesa 2021.

Restaurante Açafrão

O ingrediente açafrão dá nome ao restaurante e tem o protagonismo enquanto especiaria fina trazida das Índias no século XV que, ainda na década de 1920, era utilizado pelos operários têxteis num caldo para cobrir o saboroso Pastel de molho da Covilhã, aquele que seria muitas vezes o seu almoço. Convertido em especialidade local, este pastel ainda hoje faz parte do cardápio covilhanense e surge reinventado num “Consommé de vitela, massa folhada, caldo de vinagre, açafrão e salsa”, uma surpresa que integrará, em breve, a ementa deste novo restaurante da Cidade Criativa.

Continue a ler o artigo em Boa Cama Boa Mesa.

Últimas