Está a faltar vinho em todo o mundo — mas Portugal resiste à crise

A experimentar

O alerta é deixado pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho. Considera que o mau tempo prejudicou várias produções.

Em 2021, os níveis de produção de vinho em todo o mundo são os mais baixos dos últimos anos. O alerta foi deixado esta semana pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OVI). Em causa estão os fenómenos climáticos que afetaram grande parte de produções com impacto mundial, como é o caso de França, Espanha e Itália.

A organização espera que o volume de produção se fique entre os 247,1 e 253,5 milhões de hectolitros (mhl), numa média de 250,3 mhl. Um hectolitro corresponde a 133 garrafas de 75 centilitros. O valor fica abaixo da média pelo terceiro ano consecutivo e retoma aos valores de 2017, com 248 mhl, o mais baixo das últimas décadas.

Continue a ler o artigo em NIT.

Últimas