Com ou sem chuva: os melhores destinos para descobrir em novembro

A experimentar

No mês 11 provam-se os primeiros vinhos novos do ano e comem-se castanhas. É também tempo dos míscaros e da maior festa de cavalos do país. De norte a sul há muito para participar e mais ainda para experimentar e descobrir, com ou sem chuva…

Mês das castanhas, de água-pé e jeropiga, das folhas castanhas no chão e do regresso aos pratos quentes de caça, novembro tem muitos encantos para serem saboreados e vividos. Ainda é outono, mas a hora muda como que a anunciar um novo ciclo. Ainda assim, os dias anima-se com o chamado verão de São Martinho faz-se normalmente sentir, nos dias que homenageiam Martinho de Tours, um soldado romano que, segundo reza a lenda, ao deparar-se com um mendigo com frio, rasgou o seu manto com a espada e agasalhou-o. Foi então que as nuvens se dissiparam, Deus “parou” o outono e fez regressar o verão. Martinho morreu a 11 de novembro, dando assim origem ao dia de São Martinho, quando se celebra o magusto.

Festa da Castanha de Vinhais

Maior Assador de Castanhas em Vinhais
Em Trás-os-Montes novembro é o mês da castanha. Entre os dias 5 e 7 decorre mais uma edição da Rural Castanea – Festa da Castanha de Vinhais, O evento, que decorre no Parque Municipal de Exposições de Vinhais, exibe produtos relacionados não só com a castanha, como também com vinhos, licores, queijos, azeite e toda a gastronomia local. O programa conta ainda com as Jornadas do Castanheiro, animação musical, e o magusto permanente no Maior Assador de Castanhas do Mundo. Vinhais é, atualmente, dos concelhos portugueses com maior produção de castanha. No último dia do evento, logo pela manhã, acontece a Rota Dos Soutos, um percurso pedestre com duas distâncias (9 e 15 km), dedicado aos soutos e castinçais que proliferam na envolvente da povoação. De forma a aproveitar bem estes três dias de festa, opte por dormir na Pousada de Bragança (tel. 273999454), que alberga o mais premiado restaurante da região, o G Restaurante, ou então na Quinta da Rica-Fé, igualmente em Bragança, a cidade vizinha de Vinhais. Recorde-se que, também, Bragança celebra o outono com passeios, ateliês e gastronomia.

Magusto e abertura de talhas no Alentejo
Na Herdade do Rocim, entre a Vidigueira e Cuba, no Baixo Alentejo, o dia 14 de novembro será marcado pela abertura de talhas da colheita de 2018. Um evento organizado em conjunto com Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, também conhecido como Amphora Wine Day. O dia será de provas de vinhos de talha, acompanhadas por momentos musicais e gastronomia regional. A sessão está aberta ao público e a entrada (€10) dá direito a um copo para as várias provas. Para saber mais deste vinho, não deixe de (re)ler o artigo, sobre o admirável e milenar mundo do vinho de talha em 7 paragens.

Continue a ler o artigo em Boa Cama Boa Mesa.

Últimas