Onde comer em Braga, o Melhor Destino Europeu de 2021

A experimentar

Clássicos, de conforto, modernos ou com sabores de outras paragens, a restauração de Braga não para de surpreender. Antes que o ano acabe, conheça a cidade dos Arcebispos em oito paragens gastronómicas.

O número exato de votos foi de 109.902 e serviram para, na eleição dos European Best Destinations dar a vitória a Braga como Melhor Destino Europeu para 2021. Só por comparação, ficou 31 mil votos à frente da capital italiana, Roma, e de outros 20 destinos, entre os quais, Paris, Florença, Viena, Capadócia, ou Kotor, graças aos votos dos internautas. Conhecida como cidade dos Arcebispos, ou como a “Roma portuguesa”, devido às suas 37 igrejas consideradas como património, tem também na restauração motivos para uma visita. Com o fim de semana prolongado do 1 de novembro, Dia de Todos os Santos à espreitaaproveite para conhecer a cidade, através da gastronomia.

 

Tia Isabel

Tia Isabel
Dedicado aos sabores minhotos, é num ambiente elegante que desfilam, nas salas compostas ou na agradável esplanada, pratos tradicionais de receita segura que se foram impondo nos últimos 10 anos. Em especial no caso dos assados, vitela ou cabrito, ambos servidos com batata, arroz e grelos, e dos também tradicionais bacalhau recheado à moda de Braga, papas de sarrabulho ou filetes de polvo panado. No restaurante Tia Isabel, o naco do lombo grelhado e o rosbife Wellington são boas alternativas. Preço médio €25.
Avenida Frei Bartolomeu dos Mártires, 32, Braga. Tel. 96857228

 

Arcoense

Arcoense
Cozinha comprometida com a tradição e os produtos da terra, nos capítulos do livro que serve de ementa do restaurante Arcoense escrevem-se sabores com história, do mar, como as petingas, as pataniscas ou a cataplana de robalo. Da terra, as favas estufadas, o cabrito pingado ou o porco Bísaro, de produção própria, ajuda a afinar ainda mais os sabores autênticos. Serve-se como leitão, assado em forno a lenha, e também brilha nos rojões e no cozido, em época própria. Ótima garrafeira acompanha. Preço médio €30.
Rua Eng. José Justino de Amorim, 96, Braga. Tel. 253278952

 

Cozinha da Sé

Cozinha da Sé
A nova morada conta com uma ampla esplanada recolhida nas traseiras, com aquecedores e mantas a confortar os dias mais frios, que passou a ser uma ótima alternativa às três salas bem compostas. Num ou noutro espaço, no restaurante Cozinha da Sé o compromisso com os sabores de sempre: o take away cresceu e levou a casa os pratos do restaurante. A saber: polvo à lagareiro com arroz de grelos, arroz de tamboril e lombo de boi no churrasco. Preço médio €25.
Rua Dom Frei Caetano Brandão, 129, Braga. Tel. 253277343

 

Augusta  Andre Baeta
Continue a ler o artigo em Boa Cama Boa Mesa.

Últimas