Há um talho em Lisboa onde só se vende… marisco!

A experimentar

Chama-se Talho da Ostra, instalou-se na zona de Benfica e promete transformar-se numa das maiores cervejarias da cidade. Só tem carne para os pregos, a chamada sobremesa das marisqueiras.

Quem passe pela Avenida do Uruguai, no coração de Benfica, ao olhar pelas montras, vê um talho, daqueles de bairro, com vitrinas iluminadas, gelo para conservação e muitos produtos frescos em exposição. Só com um olhar mais atento é que repara não estarem à vista frangos inteiros, nem pedaços de carne para estufar ou costeletas de borrego para levar a grelhar. Em vez disso, há ostras, carabineiros, lagostas, conquilhas, berbigão e um sem fim de mariscos frescos, que pode levar para casa e preparar a gosto, ou, escolher e comer na agradável esplanada logo à porta.

Talho da Ostra

A ideia da criação deste inusitado Talho da Ostra saiu da cabeça de João Esteves, responsável por projetos como o Caís ao Mar no Caís do Sodré em Lisboa, cujo conceito levou para o Algarve, e outros semelhantes, por exemplo, em São Martinho do Porto. Morador em Benfica, ao passar pela porta deste talho confessa que lhe veio a ideia à cabeça e começou logo a tentar fazer o negócio, que concluiu com brevidade. Para já, ainda só funciona em regime de soft oppening, na esplanada, enquanto decorrem as obras que vão transformar o espaço numa das maiores cervejarias lisboetas. Quando a obra estiver completa, terá mais de 200 lugares.

Continue a ler o artigo em Boa Cama Boa Mesa.

Últimas