Bolo invertido de figos

A experimentar

O artigo foi originalmente publicado em Lume Brando.

O verão de 2018 foi aquele em que me lembro de ter ficado mais bronzeada. Não porque tenha feito mais praia, mas porque foram muitos os dias em que andei ao sol, de top e calções.

Não me lembro de uma férias em agosto, nem de um verão, em que não houvesse uns dias de chuva ou uns dias mais nublados. Mas em 2018 esses dias cinzentos não apareceram. E a verdade é que já viramos a página de outubro no calendário, e os dias continuam bonitos, quentes, como se vivéssemos um verão interminável.

UM BOLO INVERTIDO DE FIGOS PARA DIZER ADEUS AO VERÃO

Se, por um lado, o cenário de escassez de chuva e temperaturas mais amenas é assustador, porque ligado às transformações meteorológicas a que o aquecimento global obriga, por outro não consigo deixar de pensar que este tempo é muito mais agradável do que aquele que o outono e o inverno rigorosos costumam trazer.

É tão bom não ter de andar encasacada e de guarda-chuva atrás! Mas, por mais que me custe, mais tarde ou mais cedo a meteorologia vai ter de entrar nos eixos, o outono vai impôr-se sem meiguice, e os seus sinais não se vão ficar pela fruta e pelos legumes da época.

Preparemo-nos para isso com este bolo delicioso!

BOLO INVERTIDO DE FIGOS

INGREDIENTES

Para um bolo pequeno – cerca de 8 fatias
5 ou 6 figos médios
85 g de açúcar amarelo
45 ml de azeite extravirgem
2 ovos
50 ml de vinho do Porto
90 g de farinha
1 colher de chá bem cheia de fermento em pó
80 g de pepitas de chocolate negro ou o equivalente em chocolate picado
Mel para pincelar

Continue a ler o artigo em Lume Brando.

Últimas