Autoridade nacional renova certificação do Laboratório de Produtos Vitivinícolas da Madeira

A experimentar

Autoridade nacional renova certificação do Laboratório de Produtos Vitivinícolas da Madeira.

O Instituto Português de Acreditação renovou a certificação do Laboratório de Produtos Vitivinícolas e Bebidas Espirituosas da Madeira, entidade responsável pelo controlo da qualidade físico-química na região demarcada do arquipélago, indicou hoje a Secretaria da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

“O estatuto de laboratório acreditado […] permite credibilizar, ainda mais, os resultados emitidos por este laboratório, cuja função primordial é fornecer um serviço com qualidade para os seus principais utilizadores, ou seja, os agentes económicos do setor dos vinhos e das bebidas espirituosas da região”, refere a secretaria em comunicado.

O Laboratório de Produtos Vitivinícolas e Bebidas Espirituosas está integrado no Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira (IVBAM), organismo sob a tutela da Secretaria da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

A União Europeia designou este laboratório “responsável oficial” pelo controlo da qualidade físico-química dos produtos oriundos da Região Demarcada da Madeira, ao nível dos setores vitivinícola e das bebidas espirituosas, nomeadamente as Denominações de Origem e Indicações Geográficas ‘Madeira’, ‘Madeirense’, ‘Terras Madeirenses’, ‘Rum da Madeira’ e ‘Poncha da Madeira’.

“Tal situação obriga a que o laboratório demonstre regularmente a sua competência técnica a autoridade independente e idónea, que se traduz num processo de acreditação com base num referencial”, é referido no comunicado.

A Secretaria da Agricultura indica que, desde 2000, o Laboratório de Produtos Vitivinícolas e Bebidas Espirituosas do IVBAM é acreditado pelo Instituto Português de Acreditação, com base nas auditorias externas anuais.

O artigo foi publicado em Agroportal.

Últimas