Competitividade e sustentabilidade são os principais desafios do setor do vinho

A experimentar

Cluster do Vinho e da Vinha aponta a importância da formação e profissionalização para a atividade.

Portugal, no ranking mundial, ocupa o 5.º lugar em área de vinha, o 11.º lugar em produção de vinho e o 9.º lugar em valor das exportações. O valor das exportações, em 2020, foi de 846 milhões de euros.

O setor tinha como ambição (pré-covid) atingir os 1.000 milhões de euros em 2022.

O número de empresas que estão no negócio ascende a 1380 (75% PME, 24% microempresas e 1 % grandes empresas).

Os desafios que se colocam ao setor do vinho podem equacionar-se tendo em atenção as alterações climáticas, a pressão do ambiente, o álcool e a saúde, a falta de mão de obra e a concentração da distribuição. Como podemos incrementar a sustentabilidade do setor sem pôr em causa o incremento da competitividade?

Continue a ler o artigo em Jornal de Negócios.

Últimas