Vinho. Vindima promete repetir “o mítico 2011”, mas benefício “é insuficiente”

A experimentar

A campanha poderá render mais litros do que nos últimos anos e dar bons vinhos, mas a produção queria transformar mais mosto em vinho do Porto.

À espera de começar a vindimar os 140 hectares da Quinta da Gaivosa a 1 de setembro, o diretor de Produção, Tiago Alves Sousa, acredita que, “se não houver surpresas, tudo parece conjugar-se para uma vindima de qualidade muito especial, ao nível do mítico ano de 2011. Temos um ano anormalmente ameno, com uma primavera chuvosa e calor na reta final”, justifica. Em quantidade, a campanha do Douro “pode ficar um pouco acima da média dos últimos anos”, antecipa o enólogo, numa opinião que coincide com a de outros produtores da região, do Baixo Corgo ao Douro

Continue a ler o artigo em Expresso.

Últimas