A verdade sobre o impacto de uma dieta à base de plantas na saúde do coração

A experimentar

Os médicos e especialistas reforçam sempre a importância do consumo de alimentos naturais, bem como de evitar os processados. Mas será que uma alimentação à base de plantas faz bem ao coração? Dois estudos publicados recentemente na revista científica Journal of the American Heart Association têm a resposta.

Cada uma das pesquisas acompanhou um grupo diferente ao longo de mais de uma década, com o objetivo de analisar o impacto deste estilo de vida na saúde cardíaca. Uma delas observou a alimentação de cerca de cinco mil jovens adultos com idades entre os 18 e os 30 anos (quando o projeto começou). Ao longo de 32 anos, os participantes fizeram vários exames e os seus regimes alimentares foram avaliados por médicos. Já a outra examinou os hábitos de mulheres na fase pós-menopausa, com idades entre os 50 e os 79 anos, durante cerca de 24 anos.

No final do primeiro trabalho, intitulado Plant-centered diet and risk of incident cardiovascular disease during young to middle adulthood, quase 300 voluntários desenvolveram doenças cardiovasculares. Contudo, os investigadores observaram que aqueles que seguiam uma alimentação à base de vegetais e uma dieta de qualidade tinham menos 52% de probabilidade de desenvolver problemas cardíacos, comparativamente aos restantes.

Continue a ler o artigo em Activa.

Últimas