A melhor francesinha do Algarve é feita em casa deste miúdo de 20 anos

A experimentar

Diogo começou a fazer delivery em Portimão e foi um sucesso. Depois de uma pausa, e a pedido dos clientes, regressou com novidades.

A casa da mãe de Diogo Matos, 20 anos, virou um autêntico restaurante. O jovem arrancou em março de 2020 com um projeto de entregas ao domicílio de francesinhas à moda do Porto em Portimão. Em pouco tempo, o negócio começou a ser um sucesso, mas a falta de espaço era óbvia.

“Passei a limitar a produção a 30 francesinhas por dia e chegámos a ter reservas com cinco dias de antecedência”, explica Diogo à NiT.

Acabou por fazer uma pausa, mas nunca desativou as redes sociais do projeto que criou com o nome de Francesinha em Casa. Durante os oito meses de interregno, as mensagens de pedidos e clientes a perguntarem quando seria o regresso não paravam.

Continue a ler o artigo em NIT.

Últimas