Destruído por incêndio, restaurante Estaminé, na ilha Deserta, reabre em agosto

A experimentar

Acertam-se os últimos detalhes, afinam-se os procedimentos e prepara-se a ementa de verão. Na primeira quinzena de agosto, as mesas do restaurante Estaminé, consumido por um violento incêndio em março, voltam a receber clientes.

É com a voz embargada pela emoção que Isabel Vicente, proprietária do restaurante Estaminé, na ilha Deserta, no Algarve desabafa: “Isto é o ressurgir de um sonho”. E justifica-se, agora mais animada, dizendo que as obras estão praticamente concluídas, como se pode confirmar, nas fotos enviadas para o Boa Cama Boa Mesa. “Só falta tratar dos últimos detalhes, afinar a carta e abrir as portas”. O que, deseja, deve acontecer na primeira quinzena de agosto. Recorde-se que na madrugada de 3 de março o restaurante, todo em madeira e única construção na ilha Deserta, ficou reduzido a cinzas na sequência de um violento incêndio.

Continue a ler o artigo em Boa Cama Boa Mesa.

Últimas