Ahresp: Novas medidas têm “enorme impacto” na restauração e alojamento turístico

A experimentar

Associação sectorial pede “apoios simples e universais, preferencialmente a fundo perdido”. “É tempo de manter, mas também de recuperar e melhorar os apoios”, defende a Ahresp.

A AHRESP afirmou esta sexta-feira que as últimas medidas anunciadas pelo Governo no âmbito do desconfinamento têm “um enorme impacto” na restauração e no alojamento turístico e defendeu apoios “universais, preferencialmente a fundo perdido”.

Na quinta-feira, o Conselho de Ministros decidiu, entre outras medidas, que o horário dos restaurantes e similares e do comércio vai recuar em Lisboa e Albufeira, passando a ter de encerrar às 15:30 aos fins-de-semana, juntando-se às regras que já vigoram em Sesimbra, no âmbito das medidas de combate à pandemia de covid-19.

Em comunicado, a Ahresp – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal refere esta sexta-feira que as medidas que foram anunciadas pelo Governo “têm um enorme impacto nas empresas de restauração e similares e do alojamento turístico”.

Continue a ler o artigo em Público.

Últimas