Noélia Jerónimo: Quem é a Chef do Ano 2021

A experimentar

Nascida em Tavira, abriu a 07/07/2007, às 7 da tarde, o Restaurante Noélia & Jerónimo. Ganhou prémios, e teve em 2020 um dos mais difíceis anos de sempre. Diz ser feliz a fazer pessoas felizes.

2020 ficará para sempre na história de Noélia Jerónimo. Primeiro foi o confinamento que a afastou da cozinha, onde tinha feito um forte investimento no defeso; depois a covid-19 levou-a à cama do hospital durante algumas semanas. Antes, com as portas fechadas, manteve a chama acesa, cozinhando para médicos, enfermeiros e pessoal na primeira linha de luta contra a pandemia, mas também para quem ficou sem acesso a refeições, desdobrando-se no apoio à comunidade. Começou a temporada já recuperada, mas foi obrigada a encerrar no segundo confinamento. Ainda assim, não baixou os braços, reabrindo logo que possível, distribuindo sorrisos, mesmo por detrás da máscara cirúrgica.

TIAGO MIRANDA

Noélia nasceu em Tavira, a 3 de julho de 1971, e começou a trabalhar aos 14 anos. Servia às mesas numa pastelaria, onde conheceu aquele que seria o seu futuro marido. Trabalhou depois numa pizaria, a estender massas e coberturas, até que decidiu comprar a casa ao lado e abrir um restaurante, Noélia & Jerónimo, em Cabanas de Tavira, no Algarve. Autodidata, explica, com a modéstica que a caracteriza, ter acertado nas receitas por ter experimentado vezes sem conta e só após ter lido muito para perceber a técnica ou através da internet, nos vídeos que vê depois de fechar as portas. “Sabor, sabor, sabor” é uma das expressões que gosta de usar e aplicar, por isso, sempre muito exigente com os produtos, faz questão de preservar fornecedores e de se levantar cedo para ir ao mercado e à lota.

Continue a ler o artigo em Boa Cama Boa Mesa.

Últimas