Vítor Sobral muda Peixaria para Cascais e reforça sustentabilidade na Tasca da Esquina

A experimentar

O aproveitamento das partes menos nobres das proteínas é um dos vértices da nova carta da Tasca da Esquina. Vítor Sobral anuncia também a mudança da Peixaria da Esquina para o centro de Cascais.

A pandemia não refreou o dinamismo de Vítor Sobral. Pelo contrário, renovam-se as ideias e florescem novos projetos. A Tasca da Esquina, em Campo de Ourique, reabriu com novidades na ementa e um reforço da sustentabilidade. O menu “Fique nas Mãos do Chef” dá lugar a sugestões semanais baseadas nos produtos da estação, que serão trabalhados de forma abrangente.

A escolha das proteínas depende dos produtos disponíveis na época e todos os menus “vão ter partes mais nobres e menos nobres”, ou seja, serão pensados “para haver um aproveitamento de toda a matéria-prima”, explica Vítor Sobral. Com benefícios ao nível da gestão, da diminuição do desperdício e “meio ambiente”. O recurso às aparas do atum para compor o paté de atum com que se barra o pão, no couvert, é um exemplo. O croquete (€2,50) antecede a chegada das lâminas de atum dos Açores com vinagrete de berbigão (€14).

Continue a ler o artigo em Boa Cama Boa Mesa.

Últimas