Herdade da Lisboa lança topos de gama Monovarietais

A experimentar

Edições limitadas e exclusivas na estreia da nova marca da Herdade da Lisboa.

A nova gama de vinhos da Herdade da Lisboa tem o mesmo nome da propriedade e anuncia um novo “paradigma para os vinhos varietais alentejanos”.

A nova gama de topo da Herdade da Lisboa, na Vidigueira, assume-se como uma coleção premium de vinhos varietais, edições limitadas e exclusivas do melhor de cada casta, em cada ano.  “Não estamos preocupados com a origem da casta, se é tinta ou branca, portuguesa ou internacional. O que procuramos é a casta que assumiu um papel preponderante e se expressou de forma excecional naquele ano, no nosso terroir”, explica o enólogo da Herdade da Lisboa, Ricardo Silva. Pode ser um varietal Verdelho, Alvarinho, Petit Verdot ou de qualquer outra das quinze variedades existentes na propriedade. Todos os anos haverá novos Herdade da Lisboa, embora nem sempre das mesmas castas. “Desta forma, ao longo dos anos, vamos poder desenhar uma coleção icónica de vinhos que permitam mostrar o potencial da Herdade da Lisboa na produção de vinhos de excelência”, conclui o enólogo.

Continue a ler o artigo em Revista de Vinhos.

Últimas