Monte da Ravasqueira, um enoturismo de referência

A experimentar

A família Mello encontra-se ligada a esta propriedade há já várias gerações, e nela realizou grandes investimentos na plantação de vinhas e equipamento para a adega. Para a escolha das castas mais apropriadas e dos melhores locais para a sua plantação foram iniciados em 1998 estudos geológicos que contaram com o apoio técnico de consultores nacionais e internacionais, com vasta experiência no sector. Inspirada nas adegas de Napa Valley, na Califórnia, a adega está dotada da mais avançada tecnologia, sendo gerida através de um programa informático desenvolvido no Monte da Ravasqueira. Além da vinha e do vinho, também existe nesta propriedade cortiça, azeite, mel, criação de gado bovino e engorda de porco preto alentejano.

Herdade da Ravasqueira, vinho, herdade dos Mello

Ao nível do enoturismo há muita diversidade de actividades. Durante o passeio nas vinhas e na adega, conta-se a história da propriedade e explicam-se as castas, o solo, o clima, as técnicas ali utilizadas e a vindima. Organizam-se cursos de vinho e uma série de actividades outdoor em parceria com empresas de lazer, como passeios de bicicleta, de jipe e de balão, peddy papers, actividades aquáticas, acções de team building, entre outros. Existe também uma sala de reuniões para empresas, um restaurante e uma sala de provas envidraçada com vista para a cave das barricas. Não se pode deixar de visitar o museu de atrelagens, uma colecção de rara beleza iniciada pelo empresário José Manuel de Mello, pai dos actuais proprietários, que era um grande apaixonado por cavalos. No final da visita podem adquirir-se vinhos e presentes de merchandising na loja.

Conheça melhor este produtor aqui: https://www.ravasqueira.com/

O artigo foi originalmente publicado em Enoturismo de Portugal.

Últimas