António Pedro junta-se a colegas do “Hell’s Kitchen” para abrir restaurante com apenas uma mesa

A experimentar

Após abandonar o “Hell’s Kitchen”, da SIC, António Pedro prepara-se para abrir um novo restaurante com Lucas e Diogo. Em entrevista à MAGG, conta ainda o que pensa sobre Ljubomir Stanisic.

António Pedro, de 26 anos, foi o primeiro concorrente expulso da cozinha de Ljubomir Stanisic no “Hell’s Kitchen” do último domingo, 11 de abril. Em entrevista à MAGG, o cozinheiro faz o balanço da passagem pelo formato da SIC, dá a sua opinião sobre o rosto do formato e revela pormenores sobre o novo projeto Hell’s Table.

Conversámos com o ex-concorrente já a horas tardias, depois dos seus muitos afazeres. É que António Pedro prepara-se para abrir um restaurante de “apenas uma mesa” com os colegas Lucas e Diogo, que conheceu na cozinha infernal do programa da estação de Paço de Arcos.

“Vamos ter um menu entre dez a 12 pratos com um estilo que junta várias experiências dos três”, começa por dizer António à MAGG, referindo que as reservas devem ser feitas através da página de Instagram do projeto, que vai levar o melhor da gastronomia aos habitantes de Vila Verde, Braga.

Mas como é que tudo funciona? Os interessados em experimentar alguns dos pratos nórdicos de António ou carnes maturadas produzidas por Lucas, devem entrar em contacto através das redes sociais do Hell’s Table. De seguida, os responsáveis pelo projeto vão fazer algumas questões sobre restrições alimentares para que a experiência se possa adequar a cada um.

Continue a ler o artigo em MAGG.

Últimas