ProDouro diz que é tempo de preparar vindima e pede antecipação de ajudas

A experimentar

A Associação de Viticultores Profissionais do Douro – ProDouro defende a manutenção e antecipação das medidas implementadas em 2020 para atenuar os afeitos da pandemia, como as ajudas ao armazenamento e a reserva qualitativa para o vinho do Porto.

“Estamos no final de março, ainda não há nenhuma novidade e nós achamos que é mais do que hora de começar a preparar a colheita, porque a vindima está aí à porta”, afirmou hoje à agência Lusa Rui Soares, presidente da ProDouro.

O setor foi “apanhado de surpresa” em 2020 pela covid-19. “Este ano já sabemos o que é a pandemia, já conhecemos os efeitos na saúde e na economia e temos condições para nos prepararmos antecipadamente”, salientou.

Nesse sentido, a associação, constituída em 2015, que possui 95 associados, com 5020 hectares de vinha, divulgou um conjunto de propostas que visam atenuar as consequências da pandemia na Região Demarcada do Douro (RDD).

Continue a ler o artigo em Notícias ao Minuto.

Últimas