A aceleração digital de uma empresa histórica

A experimentar

A pandemia só veio acelerar a digitalização, que já fazia parte das prioridades estratégicas de uma empresa que faz vinho do Porto há 130 anos, e que vive do balanço entre a história e a inovação.

“A Symington Family Estates já era uma empresa em que a digitalização avançava a passos largos. A pandemia veio, porventura, acelerar esta realidade”, refere Charles Symington, diretor de produção da Symington.

Acrescenta que “dos cerca de 500 colaboradores da empresa, entre 130 e 150 têm estado em teletrabalho e a sua curva de aprendizagem, em termos de abraçar o digital, tem-se revelado pacífica e o recurso aos métodos de trabalho que pressupõe não tem perturbado ou afetado negativamente os fluxos de trabalho. Pelo contrário, em muitos casos a eficiência tem aumentado”.

Revela ainda que a digitalização encorajou a inovação, por exemplo, na área comercial e da comunicação. Na primavera de 2020, lançaram o Porto Vintage de 2018 integralmente por via digital, fazendo várias apresentações online, dirigidas a jornalistas e distribuidores/compradores em vários pontos do mundo.
Continue a ler o artigo em Jornal de Negócios.

Últimas