7 alimentos que têm um poder alcalinizante

A experimentar

Com o passar dos anos, o organismo torna-se cada vez mais ácido, o que pode gerar alguns problemas de saúde a longo prazo. Mas há forma de contrariar este efeito.

São cada vez mais as pessoas que procuram seguir uma dieta mais alcalina, com o objetivo de conseguirem manter o seu organismo mais equilibrado e melhorarem o estado da sua saúde. A realidade, e tal como explicou o Dr. Figueiredo Luz, o corpo tende a tornar-se mais ácido com o passar dos anos, mas há formas de contornar esta acidez através da alimentação.

Esta acidez que, na prática, significa que o pH do corpo está abaixo dos 7, o valor considerado neutro, pode surgir pelos mais diversos motivos. Desde o stresse emocional à exposição a elementos externos, como o fumo do tabaco à poluição, à dieta que é, talvez, o fator mais determinante. 

Consumir alimentos e bebidas que sejam intoxicantes para o organismo pode conduzir à diminuição do pH e, quando os níveis estão demasiado baixos, o corpo tenta compensar o pH utilizando minerais naturalmente presentes no organismo, nomeadamente, o magnésio. Quando estes minerais estão em falta, o organismo não vai ter capacidade de resposta para fazer esta compensação, o que pode levar à acumulação de ácidos, provocando alguns problemas de saúde. 

A importância de uma dieta equilibrada

Quando continuamos, a consumir alimentos e bebidas com um pH ácido, o corpo deixa gradualmente de ter a capacidade não só de dar resposta para manter o pH equilibrado, como também de absorver minerais e nutrientes que são essenciais para o seu bom funcionamento. Isto leva, também, à diminuição da produção de energia e da capacidade de regeneração de células danificadas. 

Continue a ler o artigo em MAGG.

Últimas