Garrafeiras online dão de beber à pandemia

A experimentar

Os consumidores regulares de vinho em Portugal passaram a beber com mais frequência e até subiram o gasto médio. Com lojas e restaurantes condicionados pela covid-19, produtores e plataformas investiram em canais alternativos na internet que estão a bater recordes de vendas.

A pandemia inverteu o movimento de moderação no consumo de vinho, que evoluía rapidamente também em Portugal por motivos de saúde e bem-estar, passando a população que bebe vinho a incluir mais gente que diz beber vinho todas as semanas e menos que o faz mensalmente. Por outro lado, não interrompeu a tendência para os consumidores regulares beberem vinhos mais caros. Pelo contrário, declaram agora uma despesa maior nesta bebida….
Continue a ler o artigo em Jornal de Negócios.

Últimas