Brasil lidera aumento nas compras de vinho português em 2020

A experimentar

As exportações de vinho aumentaram 3,2% em valor e 5,3% em volume durante o ano passado, ascendendo a um novo máximo de 846 milhões de euros. São os franceses que bebem mais, mas os canadianos que pagam melhor.

Os brasileiros compraram mais 68 milhões de euros de vinho português em 2020, sendo os consumidores que mais aumentaram as encomendas aos produtores nacionais em volume (26,5%) e também em valor (23,5%), em comparação com o ano anterior.

No lista dos cinco melhores mercados externos, a única alteração de posição aconteceu precisamente na quinta posição. Segundo os dados do INE, o Canadá (50 milhões de euros) trocou de posição com a Alemanha (47,5 milhões de euros) e fechou o ano passado com o melhor preço médio: 3,64 euros por litro.

Mas se ninguém paga tanto pelo vinho português como os canadianos, os franceses seguem isolados como os maiores consumidores (110,5 milhões de euros), apesar de terem reduzido 2% o volume. É agora a única representante da União Europeia, depois da saída do Reino Unido, que continua a ser o terceiro melhor cliente para este setor (90 milhões de euros).

Continue a ler o artigo em Jornal de Negócios.

Últimas