Mercearia 100% Açores alivia saudades e faz viajar

A experimentar

A quinta-feira costuma ser o dia mais concorrido na 100% Açores, porque é quando as prateleiras são reabastecidas com produtos vindos do arquipélago. Mas a mercearia, criada por dois irmãos que deram aulas lá, também faz entregas na cidade e envios para todo o país.

Ana e Fernando Freixo são os rostos por detrás da mercearia 100% Açores, cuja especificidade está bem clara no nome. Nas prateleiras, tanto se encontra ananás e banana açorianos como mel, chá, biscoitos e outros doces, sem esquecer os queijos, enchidos, conservas, vinhos, licores, gins, cervejas e mesmo vodka. Os saudosos daquele arquipélago podem adquirir ali produtos tão carismáticos como as queijadas da Graciosa, as queijadas da avó (de Vila Franca do Campo), as bolachas de chocolate Mulata, os refrigerantes Kima, a laranjada Melo Abreu ou a manteiga Rainha do Pico.

Os irmãos Ana e Fernando Freixo.
Fotografia: Maria João Gala/GI

O mapa das nove ilhas, em destaque ao fundo da loja, alimenta conversas sobre os pontos fortes daquele território com “uma beleza fora de série”, que muitos portugueses ainda não descobriram. Os irmãos Ana e Fernando fizeram-no durante anos, à boleia da profissão: ela deu lá aulas de Matemática, ele de Educação Física. Regressados à Coimbra natal, abriram, há pouco mais de um ano, este espaço dominado pela madeira, tendo como inspiração as mercearias dos Açores, não propriamente grandes, mas bem apetrechadas.

Continue a ler o artigo em Evasões.

Últimas