Esta taberna do Porto agora chama-se Está-se Bem em Casa. E não é que é verdade?

A experimentar

A taberna da Ribeira do Porto adaptou-se aos tempos de excepção que vivemos: mudou o nome e apostou na entrega de comida em vácuo. Experimentámos o serviço e ficámos convencidos.

Se a memória não me trai, a última vez que estivera na Taberna Está-se Bem, na Ribeira do Porto, fora em Outubro de 2018, numa noite em que a tempestade Leslie fez estragos sobretudo no Centro e no Norte do país. Estava eu e uma amiga, à época íamos lá algumas vezes: o espaço agradava-nos, a comida era boa e os funcionários muito simpáticos. Nessa noite, um sábado, tínhamos ideias de voltar cedo para casa à conta dos avisos de mau tempo, mas o caril de gambas estava óptimo, o vinho acompanhava bem, a conversa era boa como sempre e fomo-nos deixando ficar.

Saímos, claro, no exacto momento em que toda a chuva do céu começou a cair. Tínhamos um guarda-chuva para duas, o vento soprava forte e o carro estava estacionado na Alfândega, a uma distância ainda considerável para uma noite de tempestade. A dada altura, reparámos que éramos as duas únicas pessoas a circular a pé na rua. Cada vez mais encharcadas, procurámos abrigo numa paragem de autocarro, mas rapidamente percebemos que era inútil, porque a chuva vinha de todos os lados.

Pusemos de novo pés ao caminho e foi então que tivemos um daqueles ataques de riso impossíveis de controlar. Ensopadas até aos ossos, continuámos a andar pela rua às gargalhadas, o guarda-chuva fechado, os sapatos transformados em piscinas. Foi uma molha épica, mas tudo está bem quando acaba bem e para nós aquela será sempre uma noite de boa memória.

Salgados disponíveis no menu do Está-se Bem em Casa DR

Continue a ler o artigo em Público.

Últimas