Apesar da pandemia, restaurantes nacionais continuam entre os melhores da Europa

A experimentar

A primeira edição dos World Culinary Awards distingue dois espaços nacionais. Algarve e Madeira são as regiões em destaque.

Chamam-se World Culinary Awards e foram criados para celebrar e recompensar a excelência da indústria culinária, através de um programa anual de prémios. É um evento “irmão” do “World Travel Awards”, lançado em 1994 para celebrar a excelência do turismo. A primeira edição divide os prémios por zonas geográficas e o algarvio Vila Joya é distinguido com o galardão de Melhor Restaurante de Hotel da Europa. Era o único representante nacional na lista de 49 restaurantes, tendo sido escolhido como vencedor o espaço liderado por Dieter Koschina.

Na divisão nacional, o Melhor Restaurante de 2020 foi, nos World Culinary Awards, o madeirense Il Gallo d’Oro, liderado pelo chef Benoît Sinthon. Da lista de nomeados faziam parte os restaurantes A Travessa, o Alma de Henrique Sá Pessoa, o Basque, o Belcanto de José Avillez, a Casa de Chá da Boa Nova de Rui Paula e ainda o Epur de Vincent Farges, o Feitoria de João Rodrigues, o Grenache Restaurant, liderado pelo chef francês Philippe Gelfi e ainda o Restaurante Gambrinus.

Continue a ler o artigo em Boa Cama Boa Mesa.

Últimas