École Ducasse – Uma carreira na alta gastronomia

A experimentar

Com uma equipa de Chefs instrutores e pasteleiros com o mesmo gosto pela excelência, a École Ducasse, rede de escolas de formação de Chefs, recebe todos os anos Chefs convidados e talentos excecionais. “Meilleurs Ouvriers de France (MOF)”, Melhores Artesãos Franceses, campeões mundiais, Especialistas em Hotelaria, todos de renome mundial nas suas áreas – partilham os seus conhecimentos e técnicas diariamente com os vários públicos da École Ducasse: profissionais experientes que desejam melhorar a sua técnica, licenciados, profissionais que mudam de carreira ou apenas entusiastas da gastronomia e pastelaria.

2021 não é exceção, a escola apresenta uma oferta notável para as suas três instituições – École Nationale Supérieure de Pâtisserie (ENSP), Paris Studio e Paris Campus, que abriu as portas em novembro do ano passado.

Assim, a École Ducasse acaba de revelar os nomes dos Chefs escolhidos que são os orientadores dos programas de licenciatura (Bachelors’ programs) de 2021. Estes programas de três anos foram pensados para jovens estudantes que terminaram o ensino secundário e que desejam tornarem-se Chefs sem esquecer a vertente empresarial e a perspetiva de negócio.

A formação em Artes Culinárias (Bachelor in Culinary Arts) vai estar sob a orientação de Jacques Maximin, o icónico Chef premiado com estrelas Michelin em vários momentos da sua carreira e Meilleur Ouvrier de France Cuisinier em 1979. Jacques Maximin integrou a École Ducasse no ano passado como Conselheiro Culinário e Chef Residente no novo campus de Paris em Meudon e irá partilhar os valores de Alain Ducasse com os alunos, a sua visão do mundo da culinária, será responsável por masterclasses e terá ainda a seu cargo a organização de jantares temáticos. Na qualidade de responsável pelo curso de Artes Culinárias, terá como foco a transmissão de valores que lhe são particularmente caros como a criatividade, a excelência, a generosidade e o rigor.

Continue a ler o artigo em Revista de Vinhos.

Últimas