Covid-19: para salvar o Fumeiro de Vinhais, a festa e a feira decorrem online

A experimentar

O site da feira será lançado a 1 de Fevereiro e, paralelamente às vendas, haverá mais iniciativas online à volta do porco bísaro e do fumeiro.

A Câmara de Vinhais, no distrito de Bragança, anunciou que vai realizar a tradicional Feira do Fumeiro online com perdas de “centenas de milhares de euros” para a economia do concelho e da região.

O presidente do município acredita que o fumeiro tem venda garantida, mas admite consequências negativas da não realização da mais antiga feira gastronómica da região para toda a actividade que gerava nos anos anteriores.

O autarca tinha anunciado a intenção de manter a venda presencial com condições mais restritivas mas, devido à evolução e medidas de contenção da pandemia de covid-19, dá agora apenas como certa a venda online entre 11 e 14 de Fevereiro.

O município criou uma plataforma digital (ainda não disponível) onde serão exibidos os enchidos tradicionais e os clientes poderão fazer as compras, com a garantia de que a própria autarquia se encarregará de fazer chegar ao destino as encomendas de valor superior a 50 euros.

A plataforma vai estar disponível a partir de 1 de Fevereiro e, paralelamente às vendas, vão realizar-se outras iniciativas online, como as habituais jornadas técnicas do porco bísaro, elemento distintivo destes enchidos transmontano.

Últimas