Crítica: os vinhos mais pontuados de 2020

A experimentar

Esta lista é composta pelos 13 vinhos que receberam as pontuações mais altas nas escolhas do nosso crítico Fernando Melo, entre as notas de prova que foram publicadas em 2020. Para o efeito, foram considerados apenas os vinhos com classificação a partir de 19 (num total de 20 pontos).

SIDÓNIO DE SOUSA GARRAFEIRA BAIRRADA TINTO 2011 (13,5%) | DULCiNEA SANTOS FERREIRA
100% Baga. Vinho proveniente de solos argilo-calcários da zona de Ancas. Impressionante a sua força, esmagador o seu equilíbrio. Tem décadas de vida em cave pela frente e já dá um prazer muito grande a beber. A chave da modernidade da Bairrada. Preço: 34 euros

 

 

SÉRIE ÍMPAR SERCIALINHO BAIRRADA BRANCO 2017 (12,5%) | |Sogrape
Uma casta estruturante e clássica da Bairrada, aqui trabalhada como filigrana no primeiro vinho resultado do reptoà equipa de enólogos da Sogrape lançado pelo CEO Fernando Guedes. Rico em tonalidades terra ( cogumelos e trufas) e minerais (salinas, sobretudo), uvas provenientes da Quinta de Pedralvites, reduto de grande gabarito no tocante a castas beirãs. Estrutura bem urdida, comprimento interminável. Preço: 70 euros

QUINTA DO NOVAL VINTAGE PORTO (19,5%) | QUINTA DO NOVAL
Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinto Cão e Sousão. Tudo ainda por resolver neste enorme vinho do Porto opaco na cor, reflexos violeta, que correspondem às impressões aromáticas florais de início. Evolui para uma dualidade atraente, entre notas de rebuçado e impressões terrosas de cogumelos frescos. Taninos incrivelmente finos, vinho indestrutível, cheio de futuro. Preço: 95 euros

 

ILHA DO PICO TERRANTEZ DO PICO 2018 (12,5%) | COOPERATIVA ILHA DO PICO
Quando falamos de salinidade de um vinho, falamos normalmente de sugestões ligeiras, complementadas por notas minerais e amargas. Neste vinho notável, falamos de um mergulho no mar e de uma persistência de vários minutos na boca, além de frescura a toda a prova. Estamos perante uma nova face de expressão da casta. Preço: 30 euros

Continue a ler o artigo em Evasões.

Últimas