Associação de restaurantes pede fim das restrições depois de perdas de 70%

A experimentar

É a estimativa feita pela PRO.VAR relativa ao último trimestre de 2020.

Reposição dos horários e mais medidas de apoio. É isto que a associação de restaurantes PRO.VAR pede ao governo no arranque do novo ano que se espera exigente para o setor. Falam em perdas de 70 por cento nas receitas nos últimos três meses de 2020, quando comparado com o mesmo período de 2019.

“Três meses de contínuas medidas restritivas provocam quebras abruptas de faturação, ascendendo os 70 por cento de faturação em relação ao período homólogo e ainda ao aumento do desemprego (50.000 desempregados), encerramento parcial, falências e insolvências no setor (mais de 10.000 estabelecimentos)”, revela a PRO.VAR.

A redução dos horários e o encerramento aos fins de semana em algumas zonas do País traduz-se em “graves consequências económicas para o setor”.

Continue a ler o artigo em NIT.

Últimas